coluna saude roberto daiub

O profissional de saúde e as consequências da pandemia

  • Publicado em Saúde

Indispensáveis, os profissionais de saúde atuando no combate ao covid-19 estão entre os grupos mais vulneráveis às consequências físicas e emocionais da pandemia. Eles encaram rotinas exaustivas, onde o foco é dar tudo de si para cuidar dos pacientes infectados. Neste momento, a situação de crise se soma à sobrecarga de trabalho, à falta de recursos e às equipes reduzidas devido ao afastamento obrigatório dos profissionais mais idosos.

 

Isso leva a um contexto que pode colocar em risco a saúde física e mental destes profissionais. Por isso, leis que determinam a proteção do salário e benefícios trabalhistas no período de quarentena obrigatória aos profissionais que tiverem comprovadamente a infecção, trazem alívio e alento, podendo assim cuidar da sua saúde e retornar, o mais rápido possível, as suas atividades diárias se conseguirem superar uma doença tão grave e tão agressiva como a COVID-19.

Leia também: Hospital em SP separa laboratório para casos de reinfecção de Covid-19

Sendo assim, todo profissional de saúde, inclusive aqueles que trabalham em hospitais e clínicas indiretamente em funções coadjuvantes ao assistencialismo (faxina, cozinha, lavanderia, etc...) merecem todo o nosso respeito e admiração.

Dia do Servidor
MEDCOR Exames Cardiológicos