Deputado Marcelo do Seu Dino fala sobre números da segurança pública

  • Publicado em Matérias

WhatsApp Image 2019 08 29 at 12.25.20 Site Lucas Neves O Instituto de Segurança Pública-ISP, divulgou no último dia 21 os índices de criminalidade do mês de julho. A queda nos números foram comemorados pelo governador Wilson Witzel.

O Capital conversou sobre o assunto com o deputado Marcelo do Seu Dino (PSL), que é policial militar e morador de Duque de Caxias, cuja mulher - Deise - é vereadora no município.

            - Primeiramente quero agradecer a Deus e dizer que eu vejo com bons olhos essa notícia. O maior desafio que o Estado do Rio de Janeiro tem é a segurança pública. Hoje ela está ligada diretamente à evasão das empresas, elas estão indo embora do nosso estado, o que gera uma grande preocupação para todos, não somente nós legisladores, mas também do Executivo, como o Governador e o Presidente. Então, eu vejo com bons olhos”, comentou.         

Para o deputado, “A política adotada hoje, até como foi dito pelo Presidente Jair Bolsonaro, que nós não precisávamos nem do Exército, basta ter os nossos policiais realmente em condições de trabalhar. É o que o Governador Witzel vem fazendo, valorizando os policiais e chamando a tropa para a responsabilidade e essa tropa respondendo. E o mais importante de tudo é que a população realmente apoie as ações da Polícia Militar. Porque se não tivermos o apoio da população, torna-se muito difícil diante de tantos casos”.

ENFRENTAMENTO

Dentre os números divulgados pelo ISP, o município de Duque de Caxias se destacou como “o maior recuo em morte por intervenção de agente do Estado e a segunda maior redução em roubo de rua”. O Capital quis saber como o deputado avaliava esse ponto. “Vou falar agora como policial. Foi feito todo um aparato de inviabilizar a circulação dos criminosos, existe realmente o enfrentamento. No enfrentamento é natural você ter mais pessoas mortas. Em Duque de Caxias, o Coronel Melo [Tenente Coronel Marco Antônio Santos de Melo – comandante do 15º BPM] vem fazendo um bom trabalho e baixando todos os índices. Até esse ele conseguiu baixar, é uma realidade. Mas uma coisa não podemos deixar de fazer: as inserções nas comunidades”, defendeu o deputado.

Perguntado sobre o avanço do programa Segurança Presente, o parlamentar lembrou que é dele a indicação para tê-lo em Duque de Caxias. “Essa indicação é nossa, e isso é um dos compromissos do governador, a gente aumentar o número do efetivo no batalhão de Duque de Caxias com o Segurança Presente. Apesar de muitos falarem, nada melhor do que o próprio Governador falando na inauguração de Nova Iguaçu, dizendo que o Marcelo do seu Dino vive ligando pedindo mais segurança, mais asfalto, mais saúde. É um pedido [Programa Segurança Presente em Duque de Caxias] que foi feito ao governador e ele vai atender. O primeiro foi Nova Iguaçu, em Duque de Caxias está previsto para novembro”, completou. Marcelo disse ainda que “a população vai sentir a diferença, Nova Iguaçu já percebeu isso. O melhor disso tudo é que quando o Segurança Presente estiver ali no centro, vai liberar os policiais do 15º para estar atuando em outros lugares, principalmente nas comunidades e podendo fazer mais operações atrás de droga e arma”.

Sobre o fato do Governo Federal ter doado viaturas para as polícias  Civil e Militar e o volume de automóveis adquiridos pelo estado desde o início do atual governo, Marcelo do Seu Dino afirmou: “É uma honra ver os policiais circulando de Corolla, parece que eu estou na Europa, apesar de não conhecer. Aqui a gente está trabalhando muito mais pela valorização dos policiais. Agora mesmo eu estive no PROES e fui informado que em média são 15.000 homens a mais só com esse programa. É aproximado, mas isso é fora todos os outros programas”, informou. E concluiu:

- Isso na realidade é uma luta, uma batalha que nós estamos travando. A Alerj tem sido uma parceira importante. Eu por exemplo, fiz uma economia monstruosa e devolvi dinheiro da verba que tenho para utilizar com carros, que eu não utilizei, com alimentação, que eu pago do meu bolso, com o marketing. Com tudo isso eu economizei para que volte para a população na forma de segurança, saúde e educação.

MEDCOR Exames Cardiológicos