Ministro Sérgio Moro participa de simpósio sobre vitimização policial no Rio de Janeiro

Ministro Sérgio Moro participa de simpósioProduzido para alertar a sociedade sobre a dura realidade enfrentada por policiais militares, o documentário “Heróis do Rio de Janeiro” foi exibido na sessão de abertura do I Simpósio Nacional sobre Vitimização Policial, na segunda-feira (13/05), no Centro de Convenções SulAmérica, na Cidade Nova.

Na cerimônia de abertura do evento, estiveram presentes, entre outras autoridades, o Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, o Governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, o Secretário de Estado de Polícia Militar Coronel Rogério Figueredo de Lacerda e o deputado estadual Marcelo do Seu Dinho.

A realização do simpósio faz parte dos festejos comemorativos dos 210 anos da Polícia Militar do Rio de Janeiro, criada no dia 13 de maio de 1809.

O evento com duração de três dias teve uma série de painéis sobre vitimização policial. Participaram do evento policiais militares do Rio de Janeiro e de outros estados, além de especialistas e pesquisadores na área de segurança pública.

- O documentário e todos os temas discutidos no evento têm por objetivo honrar nossos policiais militares do Rio e de todo o país, como também expor essa discussão publicamente. Precisamos dar um basta nesse quadro inaceitável de vitimização em nossa tropa – afirmou o Coronel PM Fábio da Rocha Bastos Cajueiro, um dos idealizadores e realizadores do filme e do Simpósio.

- O documentário revela histórias reais desconhecidas da população sobre policiais militares vitimados em ação. São homens e mulheres que trabalham num ambiente de guerra urbana, sofrem letalidades absurdas, com sequelas físicas e psíquicas gravíssimas – conta o Coronel Cajueiro,

Além de depoimentos de policiais militares de diferentes patentes e de familiares enlutados, participam do documentário o Procurador de Justiça Marcelo Rocha Monteiro e o professor Ricardo Moderno da UERJ (in memorian).

Em entrevista ao Capital o deputado Marcelo do Seu Dino, que é policial militar reformado, citou uma frase que ouviu em outra oportunidade e que “expressa o que é ser policial: Você teria coragem de dar sua vida por uma pessoa que não Conhece? A resposta, com certeza, de todos é não. Mas o policial sai de casa para dar a vida por pessoas que ele nem sabe quem são. Por isso é muito importante a valorização do policial militar”, concluiu.