Projeto que cria o Dia do Orgulho Heterossexual será debatido esta semana

A Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania (CCJC) analisa nesta terça (23), às 14h30, um requerimento do deputado Eduardo Cunha (PMDB/RJ) que solicita a realização de audiência pública para discussão de seu projeto de lei que cria o Dia do Orgulho Heterossexual. O projeto, que foi devolvido pela CCJC ao autor, tem causado polêmica e discussões entre os parlamentares. Cunha já apresentou um recurso contra a comissão e pretende, com o requerimento, que sua proposta seja submetida ao trâmite regular da Câmara, ou seja, que passe por todas as comissões permanentes e pelo Plenário.

- O projeto de lei em questão trata sobre tema de grande interesse e relevância fundamental para a nossa sociedade - defende o deputado. Segundo Eduardo Cunha, ao se discutir o preconceito homossexual, cria-se outro tipo de discriminação - contra os heterossexuais. “O objetivo aqui é a livre manifestação das famílias, daqueles que respeitam as opções sexuais de quem quer que seja, mas querem deixar clara a sua opção e não irão se envergonhar dela. Daqui a pouco os heterossexuais se transformarão pela propaganda midiática em reacionários e nós queremos ter a nossa opção pela família sendo alardeada com orgulho”, argumenta o peemedebista.

Caso a proposição seja aprovada, o "Dia do Orgulho Heterossexual" será comemorado no terceiro domingo de dezembro.

MEDCOR Exames Cardiológicos
MEDCOR Exames Cardiológicos