“Cracolância em Duque de Caxias é coisa do passado”

  • Publicado em Matérias

Secretaria monitora locais com dependentes químicos e moradores de rua diariamente

1ª PAG Cracolância em Duque de Caxias é Roberto JacóA gestão que assumiu a Prefeitura de Duque de Caxias no início de 2017 tinha um grande desafio: acabar com a “cracolândia” no centro do município, que se estabeleceu ao longo dos anos nas proximidades do Shopping Center e da comunidade do Parque Vila Nova. Na região, dezenas e dezenas de moradores de rua e consumidores de crack se amontoavam nas calçadas próximas, em “moradias” improvisadas.

 

Dois anos e meio depois, a realidade mudou radicalmente. Na tarde do último dia 20, o Capital acompanhou uma das visitas de monitoramento, que vem sendo feita com freqüência pela equipe da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH).

- Fazemos esse trabalho diariamente nos quatro distritos do município. Onde tomamos conhecimento que há um morador de rua ou um dependente químico, nossa equipe de psicólogos e assistentes sociais, com apoio de vários outros órgãos, como a Polícia Militar e a Guarda Municipal, vai ao local, aborda essas pessoas, conversa com elas. Para vencer esse desafio, era necessário implementar um trabalho incansável e que precisava ser feito cotidianamente, pois são pessoas que precisam da ajuda do poder público, precisam de tratamento. Assim foi feito e hoje podemos estar aqui vendo essa nova realidade - disse o secretário Marcus Vinícius Guimarães Boquinha.

MUDANÇA

Cracolância em Duque de Caxias é DEDAF Arquivo

Segundo o secretário, algumas vezes, é só a equipe sair e aparece um ou outro morador de rua ou dependente químico que tenta se acomodar por ali. “Não podemos nem piscar os olhos. Por isso, temos que estar presentes sempre que possível para evitar que haja nova aglomeração”, comentou. Quando fala sobre o assunto, o secretário lembra que aquele trecho do centro da cidade era um “grande constrangimento” para quem passava pelo local.

- Tínhamos diante de nós um problema social sério. Era preciso que alguma coisa fosse feita de forma a acabar com aquilo. Junto com a equipe do Departamento de Enfrentamento às Drogas e Atenção as Famílias (DEDAF), do Leandro Marques, e com o auxílio do Prefeito Washington Reis, do deputado estadual Rosenverg Reis e do deputado federal Aureo, lá em Brasília, que vem também fazendo um grande trabalho pela nossa cidade, conseguimos enfrentar de frente o problema e transformá-lo em coisa do passado - afirmou o secretário, apontando para as calçadas livres no entorno dos muros do estacionamento de um supermercado.

- Nossas operações retiram essas pessoas e levam para os abrigos municipais e conveniados. Lá começamos um tratamento com eles, damos uma vida digna a essas pessoas, procuramos incluir esses jovens em cursos técnicos para eles poderem ser reinseridos na sociedade - explica o Secretário. E conclui: “Tenho a honra de participar disso tudo, não posso deixar de agradecer o apoio que temos e dizer: contem sempre comigo, seja morador, comerciante e demais segmentos da sociedade duquecaxiense. Com o apoio direto do prefeito Washington Reis e vários órgãos públicos, o trabalho não vai parar, para o bem e a felicidade de todos os munícipes de Duque de Caxias”.

MEDCOR Exames Cardiológicos