Programa Segurança Presente chega a Nova Iguaçu

  • Publicado em Matérias

Cidade da Baixada Fluminense contará com 96 agentes diariamente

Programa Segurança Presente chega a Nova Iguaçu Programa Segurança Presente chega a Nova Iguaçu 2 Eliane Carvalho RJO governador Wilson Witzel participou, na sexta-feira (16/8), do lançamento da Operação Segurança Presente em Nova Iguaçu.

É primeiro município da Baixada Fluminense a receber a ação, a partir de uma parceria entre o Governo do Estado e a Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj), em que R$ 150 milhões economizados do orçamento do Legislativo. Serão utilizados em ações na área de segurança contará com 96 agentes fixos, entre policiais militares e agentes civis egressos das Forças Armadas, além de três assistentes sociais, que farão atendimentos na base localizada na Praça Rui Barbosa, no Centro.

Programa Segurança Presente chega a Nova Iguaçu Programa Segurança Presente chega a Nova Iguaçu 3 Eliane Carvalho RJ– É uma alegria inaugurar o programa na Baixada Fluminense. Este é um programa importante para reduzir os índices de criminalidade e auxiliar moradores de rua e dependentes químicos – afirmou o governador.

A Operação Segurança Presente em Nova Iguaçu funcionará diariamente, das 8h às 20h. O policiamento de proximidade será realizado no centro comercial da cidade, incluindo as ruas Coronel Bernardino de Melo e parte da Via Light.

– A expansão deste programa para a Baixada dá a verdadeira demonstração de que governamos para todos. Este é um programa exitoso e chancelado pela sociedade. É uma honra poder estar à frente desta iniciativa – afirmou o secretário de Governo e Relações Institucionais, Cleiton Rodrigues.

O comandante da Operação Segurança Presente, coronel Miguel Francisco Ramos Junior, ressaltou que serão disponibilizadas diariamente 37 vagas para policiais militares que queiram trabalhar na ação, nos dias de folga. Ele falou sobre a filosofia da operação.

– O programa Segurança Presente é realizado por policiais capacitados e treinados, sem desvio de conduta e que primam pela paz e a ordem social. Buscamos a interação entre a polícia e a sociedade, para que possamos alcançar as soluções dos problemas de segurança nas localidades onde atuamos. E este é o diferencial do nosso programa de polícia comunitária – explicou.

O prefeito de Nova Iguaçu, Rogério Lisboa, comemorou a chegada do programa na cidade.

– Realizamos um sonho com a instalação do Segurança Presente na Baixada Fluminense. Estamos muito satisfeitos em estabelecer mais esta parceria com o Governo do Estado – disse.

ECONOMIA DA ALERJ

O presidente da Casa, André Ceciliano, lembrou que até o fim de 2019 terão sido devolvidos R$ 400 milhões do orçamento da Alerj ao Estado, para melhorias nas áreas de segurança, saúde e educação. Em três anos, a Alerj terá devolvido R$ 1 bilhão ao Governo do Rio. Entre as ações permitidas com esses recursos estão a convocação de mais de três mil PMs, a reforma de institutos médicos legais (IMLs), investimentos em perícia técnica, aquisição de blindados para patrulhamento da área urbana de comunidades. A implementação do Segurança Presente na Baixada foi anunciada durante reunião da Frente Parlamentar em Defesa da Baixada Fluminense realizada em junho na Câmara Municipal de Nova Iguaçu.

Também participaram da cerimônia o secretário de Estado de Polícia Militar, general Rogério Figueredo, além dos deputados Leo Vieira (PRTB), Max Lemos (MDB), Giovani Ratinho (PTC), Delegado Carlos Augusto (PSD), Dr. Deodalto (DEM), Rodrigo Amorim (PSL), Alexandre Freitas (Novo), Márcio Gualberto (PSL) e Marcelo do Seu Dino (PSL).

MEDCOR Exames Cardiológicos