Marcelo do Seu Dino anuncia que vai concorrer a vaga na Alerj

Foto: Jornal Capital Caxias_Com duas passagens pela Câmara de Duque de Caxias e policial militar de carreira, Marcelo do Seu Dino (PSL) anunciou o seu nome como pré-candidato para disputar uma cadeira na Assembléia Legislativa do Estado. Ele conversou com o Capital e falou sobre a motivação de sua candidatura e algumas iniciativas que deverá tomar caso seja eleito. 

“Fiquei motivado observando o cenário dentro do Estado e até mesmo no Congresso - disse Marcelo. Precisamos de parlamentares que realmente venham representar a população, não políticos que pensam exclusivamente em benefícios próprios. O Brasil carece de bons representantes, ter pessoas que lutam pela família, pessoas que lutam por uma educação melhor, por saúde melhor, mais segurança. E hoje falo aqui, não como político, mas como cidadão, marido e pai: eu quero um mundo diferente para eles, o mesmo que quero para todos os cidadãos, especialmente os cariocas”.

Ao ser perguntado sobre algumas ações que levaria para a Alerj, respondeu: “Segurança Pública: Você não vê muitas pessoas representando realmente a segurança pública. Um ou outro luta por isso, como o Flávio Bolsonaro, que está como deputado, mas é pré-candidato ao Senado. Tem uma coisa que eu gostaria muito de defender, que é a polícia conseguir se desvincular do Executivo. Ela é utilizada pelo governante como cabo eleitoral. Tem que mexer na Constituição, mas a gente tem que ser ousado”.

Marcelo falou também sobre transporte público. “O primeiro projeto de lei que quero entrar é o término da dupla função do motorista. Não podemos aceitar hoje o motorista fazer duas funções, ou melhor quatro funções: ele dirige, cobra,  tem que manusear o elevador e tem que consertar o elevador porque se quebrar ele tem que dar um jeito. No momento em que o Brasil passa por grande desemprego - nós temos mais de catorze milhões de desempregados - e você só favorecendo os empresários. Nos meus dois mandatos de vereador, fiz questão de bater nisso. Pedi uma CPI para o transporte público. Minha esposa hoje está vereadora [NR.: Deise do Marcelo do Seu Dino - PTC] assinou CPI nesse sentido mas, infelizmente, a coisa não aconteceu. Então transporte público é uma das coisas que eu vou bater muito”.

Ele destacou que a saúde e a educação também serão prioridade. “Temos que ter saúde e educação funcionando bem para a população. Hoje todos os políticos falam muito de educação, mas você não vê muitas ações. Eu tenho 48 anos, estudei em colégios públicos. Hoje você vê que a nossa educação está acabada. Essa questão da cota, por exemplo, temos que debater”.

Sobre seu perfil político, comentou: “Eu costumo dizer que o político tem que viver próximo do povo para saber de seus problemas e necessidades. Eu moro na mesma casa que estava antes de estar vereador. São 15 anos lá. Meu endereço é o mesmo: moro na rua Natividade Saldanha, Quadra 1 Lote 24, Pilar, Duque de Caxias. Pode perguntar aos vizinhos. Quando eu vim candidato a vice-prefeito, fiz questão de fazer um vídeo na frente da minha casa. Sou um político bem diferente. não tenho dificuldade de receber a população na minha casa. Não precisa vir no gabinete. O gabinete da minha esposa Deise também está à disposição do povo. Ela vem também representando muito bem a população, mostrando a cara”.

- Quero agradecer muito a Deus. Eu pedi muito para que me orientasse e estivesse sempre à frente das minhas de decisões. Eu já fui camelô, taxista e caminhoneiro. Sou policial, estive vereador por duas vezes e sou ficha limpa. Em todos os lugares que passei deixei as portas abertas. Onde chego sou bem recebido. E caminhar hoje ao lado de Jair Bolsonaro para mim é uma honra.

Nem eu nem a Deise, nunca tivemos um real de fundo partidário. Nossa ajuda sempre veio de amigos, familiares e principalmente de Deus. Nós nunca compramos votos, então convergia muito a nossa forma com a da família Bolsonaro, principalmente com o Jair e o Flávio – frisou Marcelo.

E conclui: “Tive dois mandatos. Fui o mais votado como vereador [4.087 votos em 2008 e 5.092 em 2012] e como candidato a vice-prefeito no primeiro turno, em 2016, fomos os mais votados na minha região, tivemos 52,5% dos eleitores. Isso mostra o carinho e a confiança que a população do Pilar tem com a gente. Caxias hoje clama por políticos que tenham a coragem de botar a cara em temas polêmicos. Redução da maioridade penal também é um tema que eu coloco. Tive vários partidos me procurando, graças a Deus. Enquanto a maioria dos políticos vem caindo, eu continuo crescendo. Isso é muito importante para um político”.

output YPKMC9

Salvar

Salvar

encor medcor so crianca

Salvar

SAF520X231.jpg