Braskem contribui para a economia de Duque de Caxias

Foto: Jornal Capital Caxias_Em celebração ao Dia da Indústria (25 de maio), a Braskem reforçou sua atuação no município de Duque de Caxias, onde possui três unidades industriais, instaladas no Polo Petroquímico de Campos Elíseos. A operação regional contribui para o alto desempenho da companhia, que anunciou lucro líquido de R$ 1,1 bilhão e uma geração livre de caixa de R$ 1,8 bilhão no primeiro trimestre de 2018, exportando para mais de 40 países.

Na região, a Braskem gera mil e trezentos postos de trabalho, sendo 500 diretos e 800 indiretos. Das 800 pessoas contratadas por empresas parceiras, 70% são do município de Duque de Caxias e 200 são moradoras da região do entorno do Polo Petroquímico.

O complexo da companhia na região conta com uma unidade de produção de Químicos Básicos (Q 4), que se diferencia por utilizar gás natural como matéria-prima em vez de nafta, produto derivado do petróleo e usado em larga escala na indústria petroquímica; além de duas unidades de produção de polímeros, a Polietileno 9 (PE 9) e a Polipropileno 5 (PP 5), que fornecem resinas termoplásticas para toda a cadeia de transformação, seja local, nacional ou para exportação. A companhia recebeu, inclusive, o prêmio Export Firjan, em 2017, como maior exportadora da Baixada Fluminense.

LOGÍSTICA

O Polo se destaca também por poder receber insumo de diversas formas, como marítima, terrestre ou via tubulação, contribuindo para facilitar a logística da região. Flávio Chantre, gerente de Relações Institucionais da Braskem, explica que as unidades estão em uma localização privilegiada, no maior centro consumidor do Brasil, a região Sudeste.

            - O Polo Petroquímico de Campos Elíseos é um dos motores da economia do Rio de Janeiro. Para nós, sua localização é estratégica, tanto para o recebimento de matéria-prima, quanto para o escoamento de produto, por conta de sua proximidade aos principais mercados consumidores e a boa variedade de parceiros comerciais. Temos certeza da contribuição das unidades para o alto desempenho da companhia e ficamos muitos satisfeitos em poder retribuir com o desenvolvimento da comunidade local - afirma Chantre.

RELEVÂNCIA

A Braskem começou a operar em Duque de Caxias em 2010, quando incorporou a Riopol.  Sua chegada à Baixada Fluminense foi um marco para o avanço da companhia na cadeia plástica do estado do Rio de Janeiro. O Polo Petroquímico de Campos Elíseos representa o desenvolvimento cadeia da indústria plástica do estado do Rio de Janeiro que gera 17 mil empregos diretos e indiretos, além de fortalecer a economia local por meio do recolhimento fiscal. O complexo traduz sua relevância na arrecadação de 68% ao orçamento do ano passado para a cidade de Duque de Caxias, enquanto que 32% advém de outros setores da economia.

A Braskem busca uma atuação ética e responsável em todas as comunidades onde atua.  Com uma visão de futuro global, orientada para o ser humano, os 8 mil Integrantes da Braskem se empenham todos os dias para melhorar a vida das pessoas, criando as soluções sustentáveis da química e do plástico. É a maior produtora de resinas das Américas, com produção anual de 20 milhões de toneladas, incluindo produtos químicos e petroquímicos básicos, e receita líquida de R$ 50 bilhões em 2017. Exporta para Clientes em aproximadamente 100 países e opera 41 unidades industriais, localizadas no Brasil, EUA, Alemanha e México, esta última em parceria com a mexicana Idesa.

output YPKMC9

Salvar

Salvar

encor medcor so crianca

Salvar

SAF520X231.jpg