Câmara aprova membros da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar

Mandato fica vigente até dezembro de 2024

Na sessão plenária de 11 de agosto, os vereadores realizaram votação para eleger a Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara Municipal de Duque de Caxias.

A comissão, que ficará vigente até dezembro de 2024, tem o objetivo de zelar pela ética e decoro parlamentar, preservar a dignidade do mandato, instaurar e conduzir processos disciplinares e responder as consultas da Mesa Diretora, das comissões e de vereadores em matérias de sua competência. 

Como membros titulares, estão os vereadores Anderson Lopes (Republicanos), Clovinho Sempre Junto (Patriota), Deise do Seu Dino (União Brasil), Moisés Neguinho (PMB) e Marquinho da Pipa (MDB). Já os suplentes da comissão são os vereadores Michel Vila Nova (PSDB), Catiti (Avante), Vitinho Grandão (Solidariedade), Claudio Thomaz (União Brasil) e Aquiciley Filho (Republicanos). Os cargos de presidente, vice-presidente, relator, primeiro-secretário e segundo-secretário serão definidos, em breve, em eleição interna.

Leia também: Câmara cobra fiscalização de empresa responsável por limpeza urbana

Manifestações dos vereadores

Os vereadores Vitinho Grandão e Serginho (MDB) cobraram melhorias na atuação da Secretaria de Obras e da Secretaria de Saúde, respectivamente. Vitinho Grandão chamou a atenção sobre as obras inacabadas no 2º distrito, principalmente no Morro do Paraíso, Morro do Cacareco e Rua Caraguatatuba, áreas localizadas na Vila Rosário. “O povo continua pisando na lama, isso é inadmissível em pleno século XXI. Não podemos deixar de falar sobre isso porque senão o povo acha que está sendo esquecido”, enfatiza o vereador.

Já o vereador Serginho reivindicou novas contratações de profissionais da saúde com especialidade em reumatologia, visto que inúmeras mulheres com fibromialgia relatam a dificuldade de marcar consultas no município para dar continuidade ao tratamento. Vale lembrar que a fibromialgia é uma doença reumatológica que afeta a musculatura, causando dor.

Serginho lembrou dois projetos de lei de sua autoria acerca do tema, para determinar prioridade de atendimento a pacientes com a doença e instituir o Dia de Conscientização da Fibromialgia em 12 de maio. “Estamos aqui para lutar e fazer com que as leis não fiquem simplesmente no papel, mas que se tornem uma realidade”.

            Os vereadores Alex da Juliana do Táxi (MDB) e Nivan Almeida (PT) apoiaram a iniciativa do vereador e levantaram outras questões importantes para a saúde da mulher. Alex da Juliana do Táxi também lembrou a dificuldade na marcação de consultas com a especialidade de nefrologista e Nivan Almeida alertou sobre a importância do tratamento para a endometriose.

Expediente do dia

O vereador Nivan Almeida fez a leitura do Expediente do Dia, a pedido do vereador Claudio Thomaz, que estava presidindo a sessão. Projetos de lei, projetos de decreto legislativo, indicações e requerimentos foram lidos durante a sessão. Entre eles, estavam a indicação do Moisés Neguinho para instalação de creche na Vila São Luís e da vereadora Deise do Seu Dino para disponibilização de guardas municipais na Avenida Leonel de Moura Brizola, na altura do bairro Pilar.

Ordem do dia

Projetos de decreto legislativo concedendo títulos e medalhas, de autoria dos vereadores Celso do Alba (MDB), Leide (Republicanos) e Serginho, foram colocados em primeira discussão e aprovados por unanimidade. Todas as matérias foram colocadas em segunda discussão a pedido do vereador Nivan Almeida, e posteriormente, aprovadas pelos presentes.