Câmara sugere à prefeitura a realização de exames de saúde em alunos matriculados

Medida é proposta pelo presidente Celso do Alba por meio de indicação

Na quinta-feira (4/8), a Câmara Municipal de Duque de Caxias realizou sessão ordinária sob a presidência do vereador Celso do Alba (MDB). No Expediente do Dia, o vereador e primeiro-secretário Claudio Thomaz (União Brasil) fez a leitura de indicações, requerimentos e processos.

Entre eles, a sugestão proposta por Celso do Alba para que a Prefeitura realize inspeção de saúde nos alunos matriculados na rede pública de ensino. A ideia é que sejam realizados exames periódicos nos estudantes para prevenir doenças e incentivar o tratamento precoce, se necessário.

Também no Expediente do Dia, foram lidos os requerimentos dos vereadores Alex da Juliana do Táxi (MDB), Anderson Lopes (Republicanos), Zezinho do Mineirão (União Brasil) e Nivan Almeida (PT) para homenagear profissionais que prestam serviços ao município.

Leia também: Câmara cobra fiscalização de empresa responsável por limpeza urbana

Outras indicações

Por meio de indicação, o vereador Claudio Thomaz solicitou a reforma geral da Praça Walter Thomaz, localizada no bairro Jardim Leal, incluindo a manutenção de alambrados, instalação de novos brinquedos, aparelhos de ginástica, bancos e mesas.

Os vereadores Alex da Juliana do Táxi e Marcos Tavares (PDT) pediram melhorias em Vila Guaíra, relacionadas à limpeza na Rua Ipojuca e a implantação do projeto Bairro Legal, respectivamente. 

Já o vereador Marquinho da Pipa (MDB) apresentou a necessidade de recapeamento asfáltico nas ruas do bairro Jardim Anhangá, e o vereador Nivan Almeida a realização de limpeza em diversas vias do bairro Taquara.

Ordem do Dia

Na Ordem do Dia, quatro Projetos de Decreto Legislativo concedendo medalhas a cidadãos que contribuem para o desenvolvimento de Duque de Caxias foram colocados em primeira discussão e aprovados à unanimidade. A pedido do vereador Marquinho da Pipa, todas as matérias foram colocadas em segunda discussão e votação pelo presidente Celso do Alba e também aprovados à unanimidade