Governo do Estado lança o programa Passaporte Cultural RJ

Iniciativa vai garantir acesso gratuito a atrações culturais para a população de baixa renda

Para ampliar o acesso da população de baixa renda a equipamentos culturais, o Governo do Estado do Rio de Janeiro lançou, na manhã do sábado (12/6), no Museu do Amanhã, o programa Passaporte Cultural RJ.

A iniciativa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa vai garantir o ingresso gratuito a museus, casas de espetáculos, cinemas, exposições, entre outros. O encontro marca o patrocínio do governo para o Museu do Amanhã e o Museu de Arte do Rio (MAR) com recursos da Lei de Incentivo à Cultura.

Leia também: Theatro Municipal reabre as portas ao público com visitas guiadas e virtual

- Queremos universalizar as atrações culturais e torná-las acessíveis para todos, principalmente para os que mais precisam. Com o passaporte, os beneficiados terão acesso a projetos culturais apoiados pela Lei Estadual de Incentivo e pelo Fundo Estadual de Cultura (FEC), além de atividades realizadas com parceiras da Secretaria de Cultura. A meta é investir na formação de plateia e na retomada cultural - explicou o governador Cláudio Castro.

Leia também: Anvisa autoriza vacina da Pfizer para crianças a partir de 12 anos

O programa Passaporte Cultural RJ vai beneficiar cidadãos com mais de 18 anos, com renda per capita de até meio salário mínimo ou familiar total de até três salários. O critério segue as normas do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. Os beneficiados receberão um caderno em formato de passaporte. No documento, as páginas serão carimbadas a cada apresentação ou atividade realizada.

Escolas públicas

O Passaporte Cultural RJ também será distribuído para instituições como escolas públicas estaduais ou municipais, entidades beneficentes de assistência social, associações de moradores, organizações culturais comunitárias, universidades públicas ou privadas e secretarias estaduais e municipais. Em parceria com o Detran, também será disponibilizado semanalmente transporte para que alunos da rede pública possam visitar os equipamentos culturais. O cadastramento para o Passaporte estará disponível no site da secretaria no mês de julho.

- A cultura é um direito de todos, e temos trabalhado em todo o estado pela democratização do acesso. A partir da criação do Passaporte Cultural RJ, pessoas que nunca foram assistir a um espetáculo poderão desfrutar desse bem e se enriquecer culturalmente - afirmou a secretária de Cultura e Economia Criativa, Danielle Barros.

Patrocínio do Estado para ações em museus da Praça Mauá

O lançamento do Passaporte Cultural RJ no Museu do Amanhã marca também o início do patrocínio do Governo do Estado ao equipamento cultural. Via Lei de Incentivo à Cultura, a Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa vai financiar o plano anual do museu em 2021 com R$ 1,1 milhão, com possibilidade de investimento de até R$ 2,8 milhões. O projeto engloba a manutenção do equipamento cultural, assim como atividades relacionadas ao programa de acessibilidade e educativo do Museu. As empresas patrocinadoras com uso da renúncia fiscal são Lojas Americanas, Hyundai e Granado.

Após o lançamento do projeto no Museu do Amanhã, o governador Cláudio Castro e a secretária Danielle Barros foram até o Museu de Arte do Rio. No espaço, será realizado o “Mar de Música”, festival que pretende formar públicos por meio da experiência de fruição musical em diálogo com as outras linguagens artísticas propostas pelo Museu. O projeto, no valor de R$ 845 mil, tem o patrocínio da Souza Cruz.

MEDCOR Exames Cardiológicos