Marcelo Dino chama de “caixa preta” os contratos da prefeitura de Caxias

  • Publicado em Matérias

Marcelo Dino chama de caixa preta Jéssica MussauerCandidato a prefeito de Duque de Caxias pela coligação "Unidos para transformar Caxias", o deputado estadual Marcelo Dino (PSL) vem desafiando o atual prefeito, Washington Reis, a abrir o que classificou de caixa preta dos contratos da prefeitura.

Marcelo, que é deputado estadual, lembrou que o Ministério Público já apontou a suspeita de haver no município o mesmo esquema de corrupção envolvendo o governo de Wilson Witzel com empresas ligadas ao empresário Mario Peixoto. Para o candidato, falta transparência nos contratos firmados pelo governo municipal.

Leia também: Retorno das aulas presenciais

"Estamos muito preocupados com o andamento dessas investigações do Ministério Público. É evidente que o esquema que sangrou os cofres do estado se repetiu aqui em Caxias. Mario Peixoto, o empresário que foi preso acusado de corrupção, também detinha contratos com o município. Será que aqui ele agia com correção, ao contrário do que se verificou até agora?", indaga Marcelo Dino.

Marcelo lembrou, ainda, da íntima relação da família Reis com o governador afastado Wilson Witzel. Para isso, ele recorda que foi Rosenverg Reis (MDB), irmão do prefeito, o único deputado estadual a se abster na votação que definiu a aceitação do processo de impeachment do governador pela Alerj. Na ocasião, Marcelo, bem como todos os outros 69 parlamentares, votaram a favor para a abertura de inquérito.

"É o que chamamos de batom na cueca. Prova cabal da relação de Washington Reis com Wilson Witzel. Agora, como o governador caiu em desgraça, o prefeito quer se aproximar do presidente Bolsonaro. Não passa de um oportunista", dispara Marcelo.

Confiante no sucesso da campanha, Marcelo Dino disse que deverá crescer ainda mais nos próximos dias. Ele pretende percorrer todos os distritos, pelo menos uma vez por semana, até o final da corrida eleitoral. Para o candidato, a decisão de voto deve acontecer na reta final, já que a tendência do eleitorado é se decidir pelos candidatos na última semana.

"Pretendemos intensificar ainda mais nossas caminhadas para reforçar meu nome e tornar minhas propostas e a do meu vice, Wendell, mais conhecidas", finalizou Marcelo Dino.

Outubro Rosa