Belford Roxo realiza cirurgias de catarata gratuitamente

Mais de duas mil pessoas já foram beneficiadas com o Mutirão da Catarata

Belford Roxo realiza cirurgias de catarata Rafael Barreto PMBRA população de Belford Roxo tem mais facilidade para participar do mutirão de catarata. Agora, todo o serviço, desde a consulta até a revisão pós-cirurgia acontecem na Clínica Donwtown Medic, conveniada com o município, através do SUS (Sistema Único de Saúde).

Para agendar consulta, o morador deve ir à Secretaria Municipal de Saúde, que fica na ‪Avenida Benjamin Pinto Dias, 610, Centro, de segunda a sexta-feira, das 9h ‪às 14h, com identidade, CPF, comprovante de residência e cartão do SUS. O médico especialista dará o diagnóstico. Se houver necessidade, o paciente é encaminhado para a medição de lente e posteriormente cirurgia. O projeto já beneficiou mais de duas mil pessoas.

O prefeito Wagner Carneiro dos Santos, o Waguinho, e o secretário de Saúde, Christian Vieira, acompanharam de perto as etapas do processo até a cirurgia. “Não existia nenhum tipo de projeto semelhante a esse em Belford Roxo, e a demanda era grande. Mas o mutirão está conseguindo atender a população e acabar com essa espera. Afinal, visão nova é vida nova”, afirmou Waguinho. “Uma equipe da Secretaria de Saúde acompanha todo o procedimento. E ainda cada paciente recebe um kit com colírio e óculos escuros”, informou Christian.

Aos 73 anos, Edith Alves Bandeira, acompanhada do filho Magno Alves da Silva, 28, contou que tentou realizar o procedimento há um tempo, mas só pelo Mutirão de Catarata conseguiu operar seu olho esquerdo. “Estava quase cega e precisando fazer a cirurgia. Fiquei muito feliz quando recebi a notícia que iria operar. Foram todos muito atenciosos. E eu ainda ganhei um kit com colírio e óculos escuros”, enfatizou Edith. “A emoção é grande. Sou da área da saúde e sei que não é barata essa cirurgia. Agradeço imensamente”, completou Magno.

Ressaltando o bom atendimento que os pacientes têm durante os procedimentos, Josefa Amélia dos Santos, 75, está participando do projeto pela segunda vez. Na primeira, operou o olho direito, e agora, o esquerdo. “Vou enxergar tudo! O procedimento foi tranquilo e a equipe bastante cuidadosa. Nos acompanharam em todas as etapas”, resumiu. Assim como Josefa, Cirene Silva de Medeiros, 67, também já operou um dos olhos pelo projeto e voltou para fazer o mesmo procedimento no outro olho. “Dessa vez eu operei a vista direita. O procedimento pelo particular é muito caro. Através do projeto, temos a oportunidade de fazer a cirurgia de graça. É maravilhoso”, enfatizou.

TV Camara