Conexão Brasília

Karla FerreiraAUREO , Deputado Federal (PRTB/RJ), é vice-presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Vida, Contra a Legalização do Aborto e integra várias Comissões.

Proteger a família é proteger a Humanidade

No dia 21 de outubro comemora-se o Dia Nacional de Valorização da Família. Esse dia foi instituído através da lei nº 12.647de 2012.

A família é nosso maior patrimônio. Quero convidar todos que entendem a importância e amam a família para orarem nesse dia em todos os lugares, em suas casas, nas comunidades, nas Igrejas, no trabalho. Infelizmente, existem muitas pessoas, inclusive políticos, que lutam para destruir esse bem tão precioso nos dado por Deus. Por isso, peço aos pais que se lembrem de transmitir os valores fundamentais aos seus filhos. Se deixarmos essa tarefa para os amigos e para internet, certamente, a humanidade estará fadada à ruína.

Operação Cara Limpa pode salvar vidas no trânsito

Como membro da Comissão Especial de Políticas Públicas de Enfrentamento às Drogas, apresentei Emenda, posteriormente aprovada pelo Plenário da Câmara dos Deputados, autorizando a utilização de qualquer aparelho homologado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia – INMETRO – para comprovar se condutor do veículo automotor está sob a influência de substância psicoativa que determine dependência.

Nossa intenção é a de proteger, esclarecer e dar transparência ao consumidor brasileiro

O país e os consumidores do Brasil têm sido vítimas de constantes apagões no abastecimento de energia elétrica. Na razão desses apagões se encontram diversos fatores, dentre eles as dimensões continentais do país, gargalos na transmissão e nas subestações e redes de distribuição sucateadas e de baixa qualidade. A esses fatores se agrega o fato da geração de energia elétrica no país ser predominantemente hidroelétrica. Assim, a produção é sujeita a grande sazonalidade e fortemente dependente do regime de chuvas de cada região.

Onde o poder público não chega, pode sim chegar a solidariedade

Quero compartilhar com meus amigos leitores uma visita que fiz ao projeto Cristolândia Miracema-Santo Antônio de Pádua, da Junta de Missões Nacionais (JMN) da Igreja Batista. O projeto atende em torno de 30 internos que estão recebendo tratamento contra a dependência química. Nossa intenção, além de conhecer o projeto era unir as duas cidades e as autoridades locais, através de parcerias, com a responsabilidade de ajudar a Instituição que vem realizando um belíssimo trabalho na restauração de vidas e reabilitação social. Jovens que viviam excluídos da sociedade e de suas famílias devido ao vício do álcool ou das drogas. Muitos até com passagens pela polícia, mas que agora agradecem a Deus por estarem vivos e terem suas vidas transformadas. Não há como não se emocionar!

Programa mais médico não pode ser visto como solução milagrosa

Apresentado na semana passada pela presidente Dilma Rousseff, o Programa “Mais Médico” pretende levar profissionais para o interior do país e para as periferias das grandes cidades. Os médicos deverão atuar na atenção básica da rede pública de saúde e poderão receber bolsas federais de R$10mil reias.

O projeto pode ser um primeiro passo para  dignificar e dar acesso aos cidadãos em locais mais carentes. Porém deve ser visto como apenas um primeiro passo.  O problema da saúde no Brasil não passa apenas por falta de profissionais. Falta estrutura física, faltam  investimentos financeiros, aplicação correta por parte dos gestores, transparência nos gastos e, principalmente,  fim dos desvios de recursos. Sim, o nosso maior problema é de gestão.

output YPKMC9

Salvar

Salvar

encor medcor so crianca

Salvar

SAF520X231.jpg