Exportações fluminenses apresentam aumento de 42%

  • Publicado em Matérias

Exportações fluminenses SCERJ DivulgaçãoA balança comercial fluminense apresentou superávit pelo décimo mês consecutivo. Nos primeiros dez meses deste ano, as exportações fluminenses alcançaram US$ 18,7 bilhões, um avanço de 42% frente ao mesmo período do ano passado. O valor é superior ao total das vendas do estado em 2016, que foram de US$ 17,2 bilhões. No acumulado do ano, o Rio já somou US$ 9,6 bilhões em superávit. Os dados são do boletim Rio Exporta de outubro, produzido pelo Sistema Firjan.

 

- O aumento das exportações caminha junto com o crescimento da produção industrial do estado. O peso da indústria do petróleo é claro, mas outros setores também demonstram importância nas exportações, como as indústrias automotiva, de pneus e metalurgia - destacou o secretário interino da Casa Civil e Desenvolvimento Econômico, Alberto Mofati.

 O saldo comercial do estado ficou em US$ 816 milhões em outubro. Houve aumento nas vendas de todas as classes de produtos, sendo que as exportações de básicos cresceram 17% e as de industrializados, 67%. Este é o quinto mês consecutivo de incremento das exportações no comparativo mensal.

Os embarques de petróleo avançaram 75%, no comparativo com o mesmo período do ano passado, houve recorde na exportação de barris e valorização no preço da commodity. Já a venda de produtos industrializados aumentaram 1,5% no acumulado do ano. As exportações da indústria automotiva cresceram 49% e pneumáticos, 21%. No tocante ao comércio de produtos, exceto o petróleo, as exportações somaram US$ 7,2 bilhões no acumulado do ano. No comparativo com 2016, houve um avanço de 8%.