Procon Estadual autua 18 lojas no centro de Caxias

  • Publicado em Matérias

Foto: Jornal Capital Caxias_DivulgaçãoO comércio de Duque de Caxias sofreu fiscalização do Procon Estadual, que realizou uma nova etapa da Operação Pacificador no último dia 26. Das 35 lojas vistoriadas, 18 foram autuadas.

Duas delas estavam com o alvará de funcionamento vencido: Mundo do Atleta e Roma Sport, ambas na Rua Joaquim Lopes de Macedo. A Kik, no número 129 da Avenida Nilo Peçanha, não tinha o certificado do Corpo de Bombeiros. Já na lanchonete Kin Gourmet, foram descartados 11kg e 800g de alimentos impróprios para o consumo.

A ausência de preços nos produtos expostos à venda em vitrines e no interior das lojas foi constatada em nove estabelecimentos: Redley e Mundo do Atleta (Rua Joaquim Lopes Macedo); Raquel Calçados, Drogarias Pacheco, Requinte, Gegê Esportes e New Ótica (Avenida Nilo Peçanha), Chic & Seek (Rua Manoel Correia) e O Boticário (Avenida Dr. Manuel Teles). Na Ricardo Eletro, no calçadão da Nilo Peçanha, os fiscais constataram ausência de acessibilidade para os caixas da loja no segundo piso. A Del Fiori, de vestuário, também não possuía o certificado do Corpo de Bombeiros e o Livro de Reclamações.

Na lanchonete Kin Gourmet, na Avenida Nilo Peçanha nºs 70 e 72, os fiscais encontraram várias irregularidades, entre elas produtos sem especificação da validade (600g de farinha de quibe, 500g de massa de empada, 400g de recheio de queijo e presunto, 1kg e 200g de ervilha, 2kg e 700g de milho, 2kg e 400g de muçarela, 2kg de pontas de queijo e presunto e 2kg de arroz cozido), ausências do certificado de potabilidade da água, do Livro de Reclamações dos cartazes do 151, do Disque 180 (telefone de denúncias de casos de violência contra a mulher) e do que informa a oferta de água potável gratuita para os clientes. A filial das Lojas Americanas na Avenida Nilo Peçanha nº 145, não tinha Livro de Reclamações autenticado e Alvará de Funcionamento. A Cia. do Terno, na Rua Genaro Lomba nº 199, não dispunha de Alvará de Funcionamento e o certificado do Corpo de Bombeiros.

Não foram encontradas irregularidades em 17 lojas: Amigão (Avenida Presidente Kennedy); Inex vestuário, Pega Pega Mix loja de roupas, Mundo das Roupas, Magia dos Pés, Chifon e Shopping da Saúde (Avenida Nilo Peçanha); Bagaggio (Avenida Plínio Casado); Casas Bahia (Rua Joaquim Lopes Macedo), Marisa, TIM e Censura 18 (Rua Manoel Correia); Nutra Force (Avenida Manuel Teles), O Amigão e Cia. do Terno (Avenida Dr. Manuel Teles), além de duas lojas da Drogarias Pacheco na Avenida Nilo Peçanha (nºs116 e 485).

O nome da operação é uma referência a Luis Alves de Lima e Silva, o Duque de Caxias. Patrono do exército brasileiro e do Município que tem seu nome, militar nascido na antiga Fazenda Estrela, no bairro Taquara, em Duque de Caixas, onde funciona um Museu em sua homenagem. Era chamado de Pacificador.