Jornal Capital

Sebrae quer atender mais de 50 mil na Semana do Empreendedor Individual

O Serviço de Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) promove, em todo o país, a 3ª Semana do Empreendedor Individual. O objetivo é incentivar a formalização de profissionais que trabalham por conta própria e capacitar quem já é registrado. A mobilização vai até sábado (2), com a expectativa de atender mais de 50 mil empreendedores e formalizar mais de 40 mil em seis dias. No dia 1º de julho, o programa Empreendedor Individual completa dois anos. Desde que foi criado, cerca de 1,2 milhão de trabalhadores autônomos e empreendedores foram formalizados em todo o Brasil. A maioria dos registros processados está relacionada aos setores de serviços e comércio.

  • Categoria: Matérias
  • Acessos: 192

Empresa chinesa vai começar a fabricar tablets no Brasil em agosto

Foto: Antonio Cruz/ABrRepresentantes da empresa chinesa de tecnologia ZTE se reuniram com a presidenta Dilma Rousseff e informaram que a empresa produzirá tablets no Brasil a partir de agosto em parceria com empresas locais. "Já fizemos parceria com alguma fábricas no Brasil para a produção local", disse o presidente da ZTE, Hou Weigui. O presidente da empresa ainda disse a Dilma que a ZTE já investiu no Brasil US$ 30 milhões do total de US$ 250 milhões anunciados em abril durante visita da presidenta Dilma Rousseff à China, quando ela foi ao Centro de Pesquisa e Desenvolvimento da ZTE, em Xian.

  • Categoria: Matérias
  • Acessos: 169

Prêmio para micro e pequenas empresas tem inscrições abertas

Mais importante prêmio de competitividade para micro e pequenas empresas, o MPE Brasil 2011 está com inscrições abertas. A edição fluminense da premiação é uma realização da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços - por meio do Programa Qualidade Rio -, Firjan, Gerdau-Cosigua e Sebrae-RJ. O prêmio também é destinado a cooperativas e associações produtivas. O Prêmio MPE Brasil 2011 é realizado em 24 estados do Brasil e tem o objetivo de promover o aumento da qualidade, da produtividade e da competitividade entre as empresas, além de disseminar os conceitos e as práticas de gestão.

  • Categoria: Matérias
  • Acessos: 246

Preços dos alimentos devem continuar altos por vários anos, diz Graziano

O diretor-geral eleito da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), José Graziano da Silva, disse prever que os preços dos alimentos continuarão altos por vários anos. "Esse não é um desequilíbrio temporário. Enquanto não alcançarmos uma situação financeira global mais estável, os preços das commodities refletirão isso", disse, em entrevista à imprensa, em Roma, dia 27. Segundo o ex-ministro brasileiro de Segurança Alimentar, países pobres que precisam importar alimentos serão os mais afetados e a FAO deve oferecer mais ajuda a eles. "Nos próximos anos, essa será uma área mais relevante, na qual a FAO pode desempenhar um papel importante, ajudando esses países a lidar com a volatilidade".

  • Categoria: Matérias
  • Acessos: 181

Eleição em Magé: Vereadores estão confiantes na cassação de liminar

Foto: PanoramioA liminar que suspendeu as eleições suplementares no município de Magé, requerida pelo presidente interino da Câmara, Leonardo da Vila (PP), poderá ser cassada a qualquer momento. Esta é a expectativa de alguns vereadores ouvidos pelo Capital. “As eleições foram determinadas pelo TRE e assim temos a obrigação de lutar para que essa decisão prevaleça” disse Amsterdam Santos Viana, do PMDB. “Quem vive na cidade sabe que a eleição é desejo da população. Não podemos aceitar sua suspensão, ainda mais que ela, sob nossa ótica, não tem amparo legal”, questionou Amsterdam, que é membro da Comissão de Justiça e Redação. Ele já presidiu a Câmara o hoje exerce o terceiro mandato. “Insistir nisso, é andar na contramão”, completou.

  • Categoria: Matérias
  • Acessos: 609

Setor têxtil reclama de concorrência desleal com importados

Foto: Antônio Cruz/ABrO Ministério da Fazenda decidiu criar um grupo de trabalho para estudar a adoção de medidas de incentivo ao setor têxtil. Representantes do setor estiveram reunidos com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, em Brasília, na semana passada. Ao deixar o encontro, o líder da Frente Parlamentar Mista José Alencar para o Desenvolvimento da Indústria Têxtil e de Confecção, deputado federal Henrique Fontana (PT-RS), disse que o governo dará uma resposta em até 45 dias. Ele informou que, em sua primeira reunião, marcada para a próxima semana, o grupo avaliará as medidas. “O ministro foi bastante claro nisso e disse: quero uma reunião na semana que vem e que me tragam medidas imediatas, de caráter tributário e que tenham a ver também com a folha de pagamento”, destacou. As medidas devem desonerar a aquisição de máquinas e equipamentos para modernizar o setor.

  • Categoria: Matérias
  • Acessos: 235