IMG 20170804 113407514 HDRA Câmara de Duque de Caxias deve votar nas próximas horas, as 10 mensagens encaminhadas pelo prefeito Washington Reis (PMDB), o que liderança dos servidores chamam de “pacote de maldades”, uma vez que restringem direitos de todas as categorias, especialmente do magistério. O prédio do Legislativo, localizado no bairro Jardim 25 de Agosto, está cercado por grades e homens da Polícia Militar e da Guarda Municipal. Washington Reis está sob ameaça de cassação pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), a pedido do Ministério Público Eleitoral (MPE), já tendo quatro votos favoráveis entre os 7 membros do órgão. O processo está com um dos desembargadores para vista.

Leia mais...

Mensagem venda IPMDC - ChamadaO prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis (PMDB) enviou dez mensagens à Câmara, na última terça-feira (dia 1º), previstas para serem votadas na sessão ordinária desta quinta-feira (3), visto que muitas são em regime de urgência. Destacam-se entre elas as mensagens números 16/GP/2017, autoriza a venda do prédio e área do Instituto de Previdência Municipal de Duque de Caxias (IPMDC), ambos na rua José de Alvarenga, no centro; 18/GP/2017, aumenta a contribuição previdenciária dos servidores públicos municipais ativos, inativos e beneficiários, de 11% para 14%; e 21/GP/2017, que autoriza a cobrança da taxa de coleta domiciliar de lixo (TCDL), mensalmente, na conta de energia elétrica, de gás ou de telefone. No pacote enviado ao Legislativo, constam outras mensagens que restringem vantagens de servidores, entre elas o auxílio transporte, progressão funcional e outros benefícios dos servidores da Secretaria de Educação; além de autorização para o município vender inúmeros imóveis, entre outras medidas.

Leia mais...

Foto: Jornal Capital Caxias_ ABr/ Fabio Rodrigues PozzebomFormado pelo Senado Federal e a Câmara de Deputados, o Poder Legislativo custa R$ 1,16 milhão por hora aos cidadãos brasileiros, em todos os 365 dias do ano. Essa é uma conclusão da organização não governamental (ONG) Contas Abertas, divulgada nesta semana e publicada pela Agência Brasil.

Leia mais...

Empresário denunciou invasão, desmatamento e aterro

CAPITAL SMALL 320-1O empresário Sebastião Carlos Grusman, que denunciou a invasão de uma propriedade sua pela Prefeitura de Duque de Caxias, sob alegação de que ali serão instalados órgãos municipais e um cemitério público, fez a notificação extrajudicial, por escrito, para que a mesma interrompa as obras e promova a desocupação do imóvel.

Leia mais...

Foto: Jornal Capital Caxias_ Banco de ImagensO Conselho Superior do Ministério Público Federal (CSMPF) autorizou no último dia 25 a prorrogação por seis meses da força-tarefa da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro. A decisão foi tomada de forma unânime pelos 11 membros do conselho, presidido pelo procurador-geral da República (PGR), Rodrigo Janot, e integrado também por sua sucessora, Raquel Dodge, que assumirá o comando da PGR em setembro.

Leia mais...

encor medcor so crianca

output YPKMC9

Salvar