coluna saude roberto daiub

Doença Renal Crônica

  • Publicado em Saúde

Atualmente cerca de um em cada 10 adultos é portador de Doença Renal crônica, que caracteriza-se pela perda total e permanente das funções dos rins. A maioria dessas pessoas não sabe que tem a doença pois não há sintomas a não ser nas fases mais avançadas da doença.

Quando sadios, os rins filtram o sangue durante 24 horas, eliminando o excesso de água e resíduos tóxicos ao organismo. Eles também produzem hormônios para o bom desenvolvimento ósseo. Quando os rins falham seu organismo passa a reter líquidos causando Edema (inchaço)

Os resíduos tóxicos se acumulam causando coceira, náuseas,vômitos e insônia. A pressão arterial aumenta. Seu corpo deixa de produzir glóbulos vermelhos levando a uma anemia e cansaço extremo.

Quando esses sintomas aparecem é necessário um tratamento para substituir o trabalho dos rins. Hoje em dia existem tratamentos adequados que permitem o bom funcionamento do organismo, aumentando a expectativa de vida e proporcionando ao paciente uma vida praticamente normal.