Pilares do Poder

Pilares do PoderLuiz linhares (cientista político e jornalista) e Thais H. linhares (jornalista)

Câmara discute "Lei da Palmada"

A Comissão de Direitos Humanos e Minorias, anunciou dia 20, que discutirá o Projeto de Lei 7672/10, que proíbe a famosa "chinelada". O anunciado contou com a presença da "rainha dos baixinhos" e da rainha da Suécia. A coordenadora da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos de Crianças e Adolescentes deputada Liliam Sá (PR-RJ), defende a aprovação do PL 7672/10 pela Câmara. Já o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) rejeitou o que chamou de “a lei das palmadas”. “Nenhum pai tem prazer de dar uma chinelada no seu filho”, disse. “Queremos educar nossas crianças." Para ele, o projeto, que prevê um disque-denúncia, vai permitir que crianças façam chantagem com seus pais. Bolsonaro criticou o fato de representantes da Suécia fazerem recomendações sobre a educação brasileira. “Não há interesse de um país de Primeiro Mundo para que haja educação no nosso País”, afirmou.

Código Florestal

 

A oposição quer votar o texto na próxima semana. Devido à obstrução da base aliada, não foi possível a votação. Ainda é preciso mais discussão sobre a proposta. O deputado Alfredo Sirkis (PV-RJ) disse que a natureza é um bem geral intangível da humanidade. “É perfeitamente legítimo considerar que dentro de uma propriedade se preserve a floresta em uma parte”, afirmou.