Que venha 2011

  • Publicado em Alerj

Este fim de ano é especial. Não só porque antecede uma grande mudança em minha vida, como também pelas mudanças que gerou na de milhares de pessoas. Pela janela, o que vislumbro é um horizonte repleto de oportunidades e desafios. O bem está vencendo, e evitar retrocessos neste momento é fundamental. Pela política, podemos fazer muito. E é por isso que continuarei me dedicando a ela.

A partir de fevereiro do ano que vem, não estarei mais na Assembleia Legislativa. Após 20 anos de sucessivas eleições para deputado estadual, de atuar nas principais funções do Legislativo, vou para outra trincheira, a da organização partidária. Estarei à frente do PMDB do Rio cuidando da sucessão municipal, reformulando o partido eauxiliando o governador Sérgio Cabral a levar à frente os projetos de segurança e de infraestrutura que estão ajudando a mudar a cara de nosso estado.

O Rio de Janeiro aprendeu que o alinhamento e o bom relacionamento entre os poderes federal, estadual e os municipais são fundamentais para o desenvolvimento. Ao reconhecer e aplicar isso, avançamos e conseguimos tirar do papel uma série de investimentos e projetos que se arrastavam há anos, como o Arco Metropolitano e a revitalização do Porto do Rio, por exemplo. E fomos além: conseguimos trazer paz às comunidades com a política da pacificação e vimos o sorriso, que só ela pode proporcionar, no rosto das crianças. O mercado reagiu a tudo isso gerando empregos e ampliando os investimentos. A construção civil e as indústrias petrolífera e naval, por exemplo, comemoram os números alcançados este ano. Voltamos a crescer!

É momento de renovar as energias e mergulhar de cabeça neste mundo de desafios que nos aguarda. Coragem, mudança e paz são as palavras que 2010 somou ao nosso vocabulário. Que 2011 nos brinde com muitas outras novas palavras e realidades!